sábado, 30 de novembro de 2013

Realidade

O que é afinal a realidade? Bom, este é um assunto difícil de tratar, mas vou tentar. Muitos diriam que realidade é a combinação de eventos e resultados aleatórios, entrelaçados entre si. Cada uma de nossas ações produz uma realidade, uma vez que cada ação gera um evento e pelo menos um resultado. No entanto, não há como ter controle da realidade, uma vez que, apesar de tentarmos modificar os eventos, nada podemos fazer quanto aos resultados. Para outros, realidade é tudo aquilo que existe de fato e, quando alguém acredita demais em alguma fantasia ou ilusão, ela se torna realidade. Mas então, como podemos saber que tudo ao nosso redor não é apenas uma ilusão? A verdade é que não há maneira de comprovarmos de maneira totalitária se o que vemos, ouvimos, cheiramos, saboreamos e tocamos é realidade de fato, ou apenas uma fantasia em que todos acreditamos, fazendo com que se torne realidade. Podemos buscar a partir de princípios filosóficos, ou até mesmo científicos, tentar provar que o que vivenciamos é real, mas esta é uma duvida que certamente permanecerá para sempre na humanidade e caberá a cada um a certeza do que é ou não real. A imensa dificuldade em definir a realidade, é justamente por ela ser diferente da fantasia apenas por uma linha tênue, uma vez que a fantasia pode tornar-se realidade e vice e versa. Ainda que partamos da primeira ideia que sugeri do que seja a realidade, como saberemos quais eventos são reais e quais não são? E como saber se os eventos imaginários também não podem produzir novas realidades? É por isso que hoje em dia a teoria de realidades alternativas vem ganhando cada vez mais adeptos. Uma vez que produzimos ou não um determinado evento, os resultados deste produzem uma realidade em que vivemos e realidades diferentes, mas semelhantes, as quais não vivemos e que só podemos nos dar ao pequeno luxo de imaginarmos como seria vivermos nessas realidades alternativas. Enfim, tratar do assunto realidade é um tanto complicado, não? Deixe a sua opinião, caro leitor, ela é importante para mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário